Skip to content

Frei Betto, brilhante: a verdadeira Dilma

13 de Outubro de 2010

http://www.rodrigovianna.com.br/outras-palavras/frei-betto-brilhante-quem-e-dilma-rousseff.html

por Frei Betto*

Conheço Dilma Rousseff desde criança. Éramos vizinhos na rua Major Lopes, em Belo Horizonte.
Ela e Thereza, minha irmã, foram amigas de adolescência.

Anos depois, nos encontramos no presídio Tiradentes, em São Paulo. Ex-aluna de colégio religioso, dirigido por freiras de Sion, Dilma, no cárcere, participava de orações e comentários do Evangelho.
Nada tinha de “marxista ateia”.

Nossos torturadores, sim, praticavam o ateísmo militante ao profanar, com violência, os templos vivos de Deus: as vítimas levadas ao pau-de-arara, ao choque elétrico, ao afogamento e à morte.

Em 2003, deu-se meu terceiro encontro com Dilma, em Brasília, nos dois anos em que participei do governo Lula. De nossa amizade, posso assegurar que não passa de campanha difamatória -diria, terrorista- acusar Dilma Rousseff de “abortista” ou contrária aos princípios evangélicos.

Se um ou outro bispo critica Dilma, há que se lembrar que, por ser bispo, ninguém é dono da verdade.
Nem tem o direito de julgar o foro íntimo do próximo.

Dilma, como Lula, é pessoa de fé cristã, formada na Igreja Católica.

Na linha do que recomenda Jesus, ela e Lula não saem por aí propalando, como fariseus, suas convicções religiosas. Preferem comprovar, por suas atitudes, que “a árvore se conhece pelos frutos”, como acentua o Evangelho.

É na coerência de suas ações, na ética de procedimentos políticos e na dedicação ao povo brasileiro que políticos como Dilma e Lula testemunham a fé que abraçam.

Sobre Lula, desde as greves do ABC, espalharam horrores: se eleito, tomaria as mansões do Morumbi, em São Paulo; expropriaria fazendas e sítios produtivos; implantaria o socialismo por decreto…

Passados quase oito anos, o que vemos? Um Brasil mais justo, com menos miséria e mais distribuição de renda, sem criminalizar movimentos sociais ou privatizar o patrimônio público, respeitado internacionalmente.

Até o segundo turno, nichos da oposição ao governo Lula haverão de ecoar boataria e mentiras. Mas não podem alterar a essência de uma pessoa. Em tudo o que Dilma realizou, falou ou escreveu, jamais se encontrará uma única linha contrária ao conteúdo da fé cristã e aos princípios do Evangelho.

Certa vez indagaram a Jesus quem haveria de se salvar. Ele não respondeu que seriam aqueles que vivem batendo no peito e proclamando o nome de Deus. Nem os que vão à missa ou ao culto todos os domingos. Nem quem se julga dono da doutrina cristã e se arvora em juiz de seus semelhantes.

A resposta de Jesus surpreendeu: “Eu tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; estive enfermo e me visitastes; oprimido, e me libertastes…” (Mateus 25, 31-46). Jesus se colocou no lugar dos mais pobres e frisou que a salvação está ao alcance de quem, por amor, busca saciar a fome dos miseráveis, não se omite diante das opressões, procura assegurar a todos vida digna e feliz.

Isso o governo Lula tem feito, segundo a opinião de 77% da população brasileira, como demonstram as pesquisas. Com certeza, Dilma, se eleita presidente, prosseguirá na mesma direção.

*Frei Betto é frade dominicano, escritor e jornalista.

2 comentários leave one →
  1. carlos Roberto de Souza permalink
    15 de Outubro de 2010 10:41

    Contra as forças do atraso – Povo nas ruas !

    A campanha eleitoral atinge neste momento o ápice do confrontro. A direita reacionária articulada com a mídia golpista atraiu para si o que existe de mais atrasado e retrógado na sociedade brasileira. Esta atávica junção, não tendo como contrapor-se aos inegáveis avanços alcançados pelo governo LuLa, foge do debate político . No lugar do debate de idéias, sem nenhum pudor , vai pelos métodos mais rasteiros criando uma pauta de discussão medieval.
    A estratégia tucana envergonha um povo e uma nação que aspira caminhar rumo á modernidade.
    Á candidatura Dilma está colocado assim o hercúleo desafio de enfrentar e vencer o reacionarismo da direita e da mídia golpista num cenário de deslealdades e artimanhas cuidadosamente articuladas.
    Entretanto , não se pode esquecer que só a Candidatura Dilma possui a capacidade de mobilizar uma militância política que pode criar o que pode ser o diferencial neste final de campanha eleitoral. Não podemos nos contentar com a campanha concentrada só na propaganda eleitoral televisa. É essenciail que a militância dilmista tome as ruas do país em manifestações políticas que criem vsibilidade de massas á campanha de Dilma. E isto não pode esperar mais ! Não deixemos que nos passe o Trem da História !

  2. Luiz permalink
    21 de Outubro de 2010 15:23

    É lamentável, Frei Betto, que ainda apoie e elogie a candidata do PT, temos que ter conciencia disso, pois a verdadeira Dilma, não é essa que todos veem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: