Skip to content

Batemos o recorde! Nova capa da Veja é destruída 1 minuto após divulgação

9 de Outubro de 2010

Que a revista Veja não passa de um panfleto da extrema direita tupiniquim, atualmente a serviço da campanha de José Serra, ninguém tem mais dúvida. Por isso não vou chover no molhado. Com o advento da internet e o surgimento da blogosfera progressista, as mentiras, os factóides e a hipocrisia de Veja passaram a ser desmascaradas em questão de dias, depois horas e agora… minutos!
A galera do twitter estava de olho esperando o que o pasquim dos Civita ia aprontar contra Dilma e… bingo: aborto! O objetivo é claro, mostrar que Dilma é "do mal", a favor de "matar criancinhas", além de mentirosa e incoerente.
veja aborto
Mas é mais um tiro no pé. Bastou Veja divulgar a capa "bombástica" que alguém pesquisou e achou outra capa da mesma revista, de setembro de 1997, que trazia uma matéria séria sobre o tema, amplamente favorável à liberação do aborto, com confissões abertas inclusive feitas por celebridades! Confira:

"NÓS FIZEMOS ABORTO"

veja aborto 1

Mulheres de três gerações enfrentam a lei, o medo
e o preconceito e revelam suas experiências


Andréa Barros, Angélica Santa Cruz e Neuza Sanches
ELAS RESOLVERAM FALAR. Quebrando o muro de silêncio que sempre cercou o aborto, oito dezenas de mulheres procuradas por VEJA decidiram contar como aconteceu, quando, por quê. Falaram atrizes, cantoras, intelectuais mas também operárias, domésticas, donas de casa. Falaram de angústia, de culpa, de dor e de solidão. Também falaram de clínicas mal equipadas, de médicos sem escrúpulos, de enfermeiras sem preparo, de maridos e namorados ausentes. A apresentadora Hebe Camargo contou que, quando era uma jovem de 18 anos, ficou grávida do primeiro namorado e foi parar nas mãos de uma curiosa que fez a cirurgia sem anestesia nem cuidado. A atriz Aracy Balabanian, a Cassandra do Sai de Baixo, ficou grávida quando estava chegando aos 40 anos e dando fim a um longo relacionamento. Resolveu fazer o aborto, convencida de que a criança não teria um bom pai nem ela seria capaz de criá-la sozinha. Metalúrgica da Força Sindical, a mineira Nair Goulart, 45 anos, fez dois abortos nos anos 70 por motivos econômicos. Ela e o marido, também operário, ganhavam pouco, viviam num quarto de despejo e não teriam meios de educar nenhum filho.
Quando o Congresso brasileiro debate a regulamentação de uma legislação que autoriza a realização de aborto apenas em caso de estupro e de risco de vida para a mãe como está previsto no Código Penal desde 1940 , a disposição das mulheres que falaram a VEJA não é apenas oportuna, mas também corajosa. Embora o 1º Tribunal do Júri de São Paulo, o maior do país, já tenha completado mais de uma década sem condenar nenhuma mulher em função do aborto, a legislação estabelece para esses casos penas que vão de um a três anos de prisão. E a maioria delas não fez aborto pelos motivos previstos em lei, mas porque, cada uma em seu momento, cada uma com sua história pessoal, considerou as circunstâncias e concluiu que interromper a gravidez era uma saída menos dolorosa do que ter um filho que não poderia criar. (a reportagem continua neste link).


Ah, outra coisa importante: a blogosfera também desencavou uma reportagem da revista TRIP de nº 41, na qual Soninha Francine declarou que já tinha feito aborto e que era favorável à descriminalização. (link aqui).

Detalhe: Soninha, ex-esquerdista e atual neocon renascida, é uma das coordenadoras de campanha de José Serra (PSDB). Ela é cotada para ser Ministra de Serra, se ele vencesse, e atua na campanha sobretudo na internet. E é pela internet, através de emails em massa, que partidários de Serra espalham a campanha de ódio e difamação contra Dilma.
Se não me engano, a denúncia foi feita pelo blog Os Amigos do Presidente Lula, que fez questão de comentar: "Nós não somos como eles, e não vamos apedrejar Soninha. O próprio cristianismo ensina que, quem não tiver pecados, que atire a primeira pedra. Vamos só denunciar essa hipocrisia, essa má-fé, o falso testemunho, e esse uso do nome do Senhor em vão, com fins eleitoreiros, pelos partidários de José Serra."

E agora, José Serra? Será que sua esposinha vai sair por aí gritando aos quatro ventos que a Hebe Camargo e Soninha gostam de "matar criancinhas"? Quem viver, verá…

43 comentários leave one →
  1. NOrman permalink
    9 de Outubro de 2010 10:55

    A revista de 9 de outubro não critica a posição de Dilma. Critica é a dissimulação da posição. Entendeu?

    • patricia permalink
      14 de Outubro de 2010 20:20

      nem tente explicar, eleitor da Dilma mal sabe ler e escrever quem dirá entender uma capa da Veja.

    • Beatriz permalink
      14 de Outubro de 2010 23:37

      O fato de Dilma ser contra o aborto não é , de forma nenhuma, contraditório com um posicionamento a favor da descriminalização do aborto. Uma coisa é você ser contra, não aconselhar pessoalmente o aborto, etc. Outra é você considera-lo uma questão de saúde pública (e não de fé religiosa , coisa que a campanha pró -Serra tenta fazer, de forma extrememente insidiosa ) e ser a favor da descriminalização. Não há nenhuma contradição. E , sem dúvida, a Veja quis inventar uma suposta contradição, usando de ma-fé. Quem quiser que acredite (embora seja muito triste ver o quanto essas eleições estão sendo manipuladas pela imprensa a favor do Serra), mas não há contradição, e essas duas afirmações, por si só, não constituem, a meu ver, nenhum empecilho para o voto na Dilma.

  2. 9 de Outubro de 2010 15:29

    E só você e os dilmistas não pereberam que a questão aqui não é ser a favor ou contra o aborto, mas sim ser incoerente e mudar de opinião só para ganhar votos!
    Lamentável essa visão unilateral apaixonada e sem razão… mesmo… E é por eleitores cegos assim que eu tenho medo de uma candidata como a Dilma…
    Vamos só ver até se este comentário irá ao ar! Se for, parabéns por aceitar críticas! Se não, seria uma pena não permitir o debate… =)

  3. Pedro Frias permalink
    9 de Outubro de 2010 17:56

    É, a Veja publicou uma matéria séria sobre o aborto, de forma “amplamente favorável à liberação” como este próprio blog menciona. O que este blog quer nos dizer? Que a Veja ora se coloca contra, ora a favor do aborto. Pelo que ví, a Veja publicou primeiramente uma matéria apoiando a idéia de legalização do aborto (tudo bem, essa é a opinião deles, não que eu concorde) e outra mostrando a contradição criada pelas declarações da candidata Dilma, são coisas totalmente diferentes. Não que a Veja seja contra ou a favor do aborto, apenas quis mostrar toda a nítida contradição próxima das eleições. Não estou com o Serra, não gosto dele, como também não gosto da revista Veja, apenas escrevo este comentário para tentar mostrar qual foi a intenção da Veja em publicar a matéria, apenas de mostrar a contradição de Dilma e escrevo também por me sentir indignado pela tentativa de manipulação quanto a intenção da mantéria publicada. Peço desculpas por ser tão redundante.

    Um abraço a todos, bom voto e que toda a verdade venha a tona.

    • Quenia permalink
      13 de Outubro de 2010 20:30

      Ser a favor do aborto ‘e diferente de ser a favor da descriminalização do mesmo, pense sobre isso.

  4. Paulo permalink
    9 de Outubro de 2010 18:06

    cara, tu deve ter algum distúrbio mental pra votar na dilma.
    é absurdo algum animal pensante (até mesmo os não pensantes do nordeste) votar na dilma cara.
    ridículo.

    • lucas permalink
      11 de Outubro de 2010 18:23

      Meu querido, seguramente vc nunca entrou numa escola estadual de SP, nem anda de onibus, o que esclarece que tipo de pensante elitista você faz parte!

  5. ttt permalink
    9 de Outubro de 2010 18:45

    Algumas das celebridades acima foi cabdidata a presidencia?

  6. Andrey permalink
    9 de Outubro de 2010 19:09

    Então… Na minha opinião, o foco do ataque da revista não é quanto a posição da Dilma em si, se ela é contra ou a favor do aborto, mas a falta de coerência de suas posições no antes e depois do começo de campanha.

  7. Amado Dilmo permalink
    9 de Outubro de 2010 23:15

    Sinceramente, só sendo petista pra não entender o objetivo da veja, vcs é que dão tiro no próprio pé por não saber o que escrever, usando uma retórica furada…Té explicado porque a Dilma é péssima em debate, afinal ela é petista…a capa da veja não é sobre ABORTO, é sobre a hipocrisia e demagogia da Dilma que muda de lado e opinião se isso for lhe garantir votos…como todos os políticos incompetentes, inexperientes, e demagogos, ela fala o que a maioria que ouvir…essa vai ser a sua presidenta…mas tudo bem, né, o importante é que ela é do pt, o que importa é o partido…espero que vc esteja ganhando algum deles…

    • Dan permalink
      11 de Outubro de 2010 23:06

      Só não é necessário ser petista pra compreender que uma matéria dessas às vésperas das eleições só tem o objetivo de tentar derrubar um candidato.
      Se é pra ser imparcial, que se compare as propostas dos candidatos e não simplesmente faça uma matéria negativa, comparando comentários.
      E não me convence dizer que o objetivo da Veja é demonstrar a contradição, isso é simplesmente uma maneira de dizer “olha, Brasil, ela é a favor do aborto”, mesmo porque é um assunto polêmico, pelo qual grande parte dos brasileiros, eleitores, têm repulsa.
      Se a Veja quer fazer campanha, pois então que escancare sua posição, e não fique fazendo essa campanha velada (que pra mim é escancarada), achando que eu vou acreditar que essa é uma matéria sobre a contradição de opiniões.

    • 18 de Novembro de 2011 14:57

      pelo visto a própria revista foi e é hipocrita, ela mais uma vez quis defender sua posição de extrema direita usando de má fé a colocação da presidente Dilma. Se ela quis dizer que a Dilma foi a favor de “matar criancinhas” e acha isso um absurdo ela também é a favor de acordo com as matérias mostradas e é de direita. E como muitos aqui falaram ser contra a discriminalização nao é ser a favor do aborto. Pelo visto, e infelizmente muitos estão cegos, manipulados por uma mídia sem compromisso com ética e verdade, as pessoas nao conseguem enxergar o que está estampado (é óbvio que o que eles quiseram dizer foi: a dilma é a favor do aborto, esse papo de: ah estão falando sobre hipocrisia. É exatamente isso que eles querem que o povo pense), se é para criticar opinioes cade o outro candidato a presidencia? porque só um? Procurem a midia alternativa e parem de babar ovo desse povo que só pensa no próprio umbigo.

      • 18 de Novembro de 2011 15:14

        ser a favor* da discriminalização….

  8. Alex permalink
    10 de Outubro de 2010 8:40

    Cuidado com a interpretação: a capa faz uma crítica à mudança de postura da candidata em relação ao aborto (era favorável e agora é contra), e não em relação ao aborto ser bom ou ruim.

  9. Antonio Oliveira permalink
    10 de Outubro de 2010 11:43

    Escreveu tudo isso e não percebeu que o problema não é a questão do aborto, e sim a mudança repentina de opinião? Todo mundo sabe que a Dilma vai ganhar, mas ela no fim está fazendo a mesma coisa que o Lula teve que fazer para chegar ao poder: mentir e ludibriar. Fiquem tranquilos, pois a população que vota na Dilma e no PT não lê VEJA.

  10. ana permalink
    10 de Outubro de 2010 14:27

    Eu ja li a reportagem, e a revista não se mostra contra o aborto, apenas fala sobre a repentina mudança de opnião da Dilma. E objetivo não vem sendo eleger o Serra, e sim mostrar a as falhas e sujeiras de cada canditado, se a Dilma é a que mais possui essas duas coisas é obvio que ela sera o maior alvo.

    • 18 de Novembro de 2011 15:06

      óh como o Serra é bonzinho, e a Veja tmb né? “se a Dilma é a que mais possui essas duas coisas é obvio que ela sera o maior alvo” hãn? que absurdo, até parece que a preocupação da revista é mostrar a população quem é quem de verdade. Acorda Brasil !! Nem acredito quando vejo tanto comentário a favor disso tudo, mas isso mostra o quanto nos deixamos levar pelas informações sem ao menos criticar. Isso me faz lembrar de uma charge onde as empresas mais ricas cagam na boca da mídia, que caga no nosso prato e é isso que o povo come. Ta na hora de mudar essa realidadeee

  11. CEK permalink
    10 de Outubro de 2010 15:51

    A revista mostrou uma reportagem sobre aborto. E daí?
    A DILMA falou que é a favor, depois que é contra.
    Então ela também pode falar que vai gerar empregos, e depois mudar de idéia.
    Pode dizer que vai melhorar a saúde, mas depois mudar de idéia.

    Mas os tansos esquerdistas continuam achando tudo lindo.
    Quando não são ignorantes, são hipócritas.
    Só que acho que eles não sabem o que isso quer dizer…

  12. Flavio Monte permalink
    10 de Outubro de 2010 23:07

    Independente das inteções da revista Veja, a Carta Capital faz o mesmo ao PT, é uma realidade que a candidata é abortista.Então, por qual motivo não abre logo o jogo?Por quê mudou de opinião a uma semana dos eleitores irem as urnas?

    Caros editores do blog, ler os relatos me causam arrepios, Hebe dizer que não assassinou uma vida pois era linda e tinha 18 anos me dá nojo…pouco me importa se o Serra a esposa vão falar delas(da Soninha,Elba Ramalho etc) ou não. Vejo mais facilidade no Serra ser convencido a não incentivar políticas abortistas do que na Dilma. Serra não é nem de longe o meu político favorito, mas com certeza é menos autoritário do que a candidata marxista.

    Enfim, nunca perdoarei a Dilma por me fazer votar no Serra…

  13. monica permalink
    11 de Outubro de 2010 10:15

    não interessa se a veja é uma vilã ou não, o q importa é q as duas declarações foram dadas pela Dilma, isso é um FATO, não tem como negar… ela muda de posição pela conveniencia!

  14. Lima permalink
    11 de Outubro de 2010 11:23

    Acho que vcs não entenderam a repostagem! A questão não é ser a favor, ou não do aborto, esse não é o ponto! A questão é que a candidata Dilma Rousseff, foi extremamente contráditoria. Não sendo, portanto, uma pessoa confiável, ou íntegra. Uma pessoa que não segue seus próprios valores e princípios, diz o que as pessoas querem ouvir, é, concerteza uma pessoa de índole dúvidosa.

    Att.,

  15. Lima permalink
    11 de Outubro de 2010 11:24

    Concertando (reportagem, não respotagem, erro de digitação)

    Acho que vcs não entenderam a reportagem! A questão não é ser a favor, ou não do aborto, esse não é o ponto! A questão é que a candidata Dilma Rousseff, foi extremamente contráditoria. Não sendo, portanto, uma pessoa confiável, ou íntegra. Uma pessoa que não segue seus próprios valores e princípios, diz o que as pessoas querem ouvir, é, concerteza uma pessoa de índole dúvidosa.

    Att.,

  16. Amanda permalink
    11 de Outubro de 2010 14:15

    Mas e se a Dilma (ou o Serra, ou a sua comadre) mudou de opinião, ao longo da vida dela, afinal, qual é o problema? Alguém aqui prefere TER AQUELA VELHA OPINIAO FORMADA SOBRE TUDO?

    Francamente… se eu fosse candidata a “mulher mais poderosa do mundo” (SIC), eu também teria de rever questões para as quais nunca havia dedicado muito fosfato. É muito claro isso pra mim. Se não é para você, vá fazer uma análise… com a Maria Rita Kehl.

  17. Juliana permalink
    11 de Outubro de 2010 15:56

    Tenho formação superior e mestrado, acho um absurdo opiniões como a do Paulo chamando os nordestinos de não pensantes. Eu voto em quem eu quero…chega de imposições!!A veja perdeu a credibilidade para mim ao usar photoshop para mudar a cor do cabelo do Pe fabio de melo, para tentar ridicularizá-lo dizendo que as luzes de seus cabelos eram para combinar com os olhos…
    Essa porcaria de revista não é imparcial, uma coisa é criticar e esclarecer, outra é atacar!

  18. Carlos Lima permalink
    11 de Outubro de 2010 22:28

    Será que alguns dos hipócritas que comentam contra Dilma não mudaria de opinião para ser eleito num país de católicos ignorantes que levam a posição retrógada da Igreja que é contra o aborto~, mais impede seus padres de procriarem ? A intenção da revista da Veja não foi de mostrar a dissimulação da Dilma e sim de pender a balança para o lado contrário numa campanha aberta. Somente pessoas inteligentes como os sulistas para tornarem Maluf campeão de votos usando a roupa de detento, e mais inteligência ainda tornar campeão de votos um palhaço nordestino e analfabeto.

  19. Josilma Frota permalink
    11 de Outubro de 2010 23:40

    Sou do Ceará, professora, católica e mãe de dois filhos. May nasceu em abril de 1987 e Bruno em outubro de 1988. Confirmando: a diferença entre eles é de dezoito meses. Foi um sufoco, mas em nenhum momento pensamos em aborto. Por convicção sou contra o aborto. Por comvicção defendo o direito de quem pensar o contrário. Não posso obrigar ninguém a seguir minha cartilha e não tenho competência para julgar os outros ou suas posições. Defendo a vida de forma intransigente. Escolhas e as consequências dessas escolhas fazem parte da vida. Não acho que a legalização do aborto vá mudar muita coisa. Quem fez e quizer fazer de nova vai fazer independente da lei. Quem é contra não fará apesar da legalização.

  20. Aline permalink
    12 de Outubro de 2010 9:26

    Acho que sou a única que não vê contradição entre as afirmações?! Ora, ser PESSOALMENTE contra o aborto é uma coisa… ela não aceita para ela, para a família dela, não aceita que alguém queira tal coisa.. E entender que a descriminalização de tal é importante e necessária é outra! O aborto acontece ilegalmente e é muito pior.. além de enriquecer o mercado negro..
    Essa questão para mim é simples, não entendo porque batem tanto nessa tecla..

    Ela é PESSOALMENTE contra
    E a favor, quanto à legalidade da questão!

    Eu sou contra, não acho certo, não faria.. mas acho menos certo ainda as mulheres terem que se submeter a açougueiros e se arriscar para realizar tal ato..

  21. 12 de Outubro de 2010 11:25

    Ser contra o aborto e à favor da descriminização são coisas diferentes. Serra e a mídia golpista aproveitam da ignorância e “moralidade” das pessoas para fazer seus jogos sujos e baixos.

  22. rodrigo permalink
    12 de Outubro de 2010 11:44

    A classe burguesa sempre sera contrario o que for de interesse para o menos favorecido, eu nunca vi rico ajudar ao pobre, rico só ajuda ao rico, grupos e clubs socias é pura fachada,a revista veja é manipuladora e sedutora expõe somente sua versão que é de interesse de uma classe ralé e MARIA VAI COM AS OUTRAS, o discurso do aborto começou na campanha de GERALDO ALCKMIM 2006 quando concorreu para presidente em que este em seu discurso favoreceria o casamento homossexual, foi uma tragedia a campanha dele, por que a revista veja falta com fatos concretos e reais para os nobres leitores. Agora marqueteiros do SERRA que ao lê-lo sem o “S” fica ERRA, usam de recorte de entrevista com a candidata Dilma para confundir a todos de forma diabolica e golpe baixos, e usa o nome de Deus em vão, isso é dispreparo politico e ético do grupo do PSDB, a VEJA é uma seita obscura que suja a politica brasileira, não acredito em seus escritos e o que ela informa .

  23. Marcelo Dias permalink
    12 de Outubro de 2010 14:24

    FORA COM ESSA MENTIRA DO PT. ELES NÃO SABEM O QUE DIZEM. A DILMA NÃO SABE O QUE DIZ. PRIMEIRO É A FAVOR DO ABORTO, DEPOIS MUDA DE OPINIÃO SÓ PARA GANHAR VOTOS DOS CATÓLICOS, ESPÍRITAS E EVANGELICOS.

    MENTE DESCARADAMENTE E O POVO AINDA APÓIA ISSO. ONDE ESTAMOS? QUE PAÍS É ESSE?

  24. sonia cunha permalink
    12 de Outubro de 2010 16:11

    Acho tudo isso uma grande palhaçada,vamos nos preocupar com o que pode ocorrer com o País na escolha da Presidencia,o aborto é um assunto sério que também deve ser levado em consideração, mas em primeiro lugar vamos criar empregos, dar condições de vida digna às pessoas,um salário descente,fazer acontecer!O aborto sempre existiu e sempre existirá legalizado ou não, e todas as classes sociais podem estar expostos a essa situação.

  25. sonia cunha permalink
    12 de Outubro de 2010 16:12

    Voto na Dilma contra: Alvaro Dias, Agripino Maya, Artur Virgílio e toda máfia do PSDB!! Fora Serra!!!! Venha Dilma!!!

  26. Vani Simoes permalink
    12 de Outubro de 2010 22:46

    Infelizmente isso acontece no Brasil. Que a VEJA e a favor do candidato Serra ninguem duvida, mas nao pensei que fossem capazes de um golpe tao baixo. Estamos voltando ao passado quando Lula passou pela mesma perseguicao. JOGO SUJO E BAIXO

  27. Marcos permalink
    13 de Outubro de 2010 12:04

    A capa da Veja de Out/2010 quer mostrar que a Dilma é sim contraditória. É a favor do aborto, mas agora diz que não. A Veja não quis dizer se contra ou a favor do aborto. A reportagem com as atrizes, artistas, etc é aberta. Já a de Outubro é apenas mostrando o que Dilma disse antes e o que tenta dizer agora, que viu que fez caca…

  28. Marcos permalink
    13 de Outubro de 2010 12:09

    Não mesmo !
    É capa verdadeira. Agora eu quero ver !

    Sei que vcs não vão liberar meus comentários, mas pelo menos vcs leem…

    Ilusionistas !

  29. Elimar permalink
    13 de Outubro de 2010 21:39

    O demo-tucano mudou de opinião em coisa muito mais valiosa, principalmente para os mais necessitados.O Bolsa-Esmola agora é “bao”.Enquanto deseducam o povo jogando padres e pastores contra a candidata, mulheres continuam morrendo.Aqui no ES, hoje saiu nos jornais:Jovem de 2o e poucos anos morre após aborto clandestino.Lástima.Retrocedemos cinquenta anos com a obsessão do Simpsom em ser Presidente, esquecendo-se de cuidar de quem realmente necessita.

  30. Talles Brito permalink
    14 de Outubro de 2010 20:11

    Descriminalização do aborto não é incentivar abortos, ou que estes possam ser feitos livre e facilmente do mesmo jeito que é feito o sexo. Dois pontos que estão no meio dessa discussão são:

    – O candidato José Serra tenta obter votos fazendo o marketing de que a candidata Dilma é ‘anti-cristo’, já o Serra em sua campanha é colocado como se fosse o maior político religioso existente (ou seja, virou a casaca também, não?). Na verdade é um golpe do do PSDB para obter votos de religiosos. Ele tenta fazer a mesma coisa inserindo elementos de sustentabilidade e meio ambiente para obter votos de eleitores da Marina Silva. Completamente incoerente.

    – A pauta do aborto é geralmente explicitada de maneira incoerente, sendo que muitas pessoas pensam que a Dilma vai liberar que abortos sejam feitos pelo SUS, sendo que não é isto que está sendo discutido, mas a questão de assistência à mulheres que fizeram abortos de forma clandestina ou caseira, e além disso, como tratar as questões do aborto na educação e na prevenção. É mostrar para as pessoas que aborto faz mal para a mulher e para a vida e não incentivá-los.

    Além disso, a Dilma em 2007 pode muito bem ter uma opinião pessoal que é a favor da descriminalização (e não de abortos), mas sendo presidente ela pode deixar essa discussão para o Poder Legislativo e não para o Poder Executivo. É uma questão delicada que jamais deverá ser decidida obviamente somente pelo presidente, mas com o povo e o congresso.

    O problema que isto tudo tirou do foco a verdadeira discussão sobre quais são os planos para o nosso país em favor de assuntos religiosos e irrelevantes. Espero você religioso inteligente que não caia no golpe do PSDB.

  31. Daniela permalink
    15 de Outubro de 2010 9:34

    Eu também acho RIDÍCULO pessoas virem falar mal da Dilma dizendo que ela se contradiz, como já disse alguém aqui, ela não acha que seja certo fazer aborto, mas não é porque ela não acha certo que ela vai ignorar as milhares de mulheres que realizam aborto clandestino no Brasil hoje!

    Não é possível que o povo seja tão ignorante, isso é tucano se aproveitando pra fazer uma campanha baixa e suja contra a Dilma. Afinal, em baixaria e contradições eles ganham disparado.

    Ridículo são as pessoas mais esclarecidas e bem informadas, ainda falarem mal da Dilma e fingirem que o aborto não é um problema para a saúde pública!!

  32. Daniela permalink
    15 de Outubro de 2010 9:45

    E sabe o que eu acho pior???
    Todas as pessoas acima falando besteira e falando que ela se contradisse!

    Sabe qual é a verdade? O PSDB e inclusive o Serra, são a favor da legalização do aborto!
    Se as pessoas que escreveram os posts acima assistissem a debates ao invés de só ler a VEJA, com certeza teriam uma opinião diferente e não uma opinião fraca e manipulada, pois percebe-se claramente que esse tipo de gente acredita em qualquer coisa que lêem em revistinhas!
    ACORDA MEU POVO!!!!!!!

    Que fique bem claro, a Dilma disse que pessoalmente não é a favor, mas LEMBREM-SE, ela não pode ter só a opinião particular dela e ignorar as mulheres que lotam os hospitais do SUS todo dia pois cometem aborto clandestino e depois ficam com a saúde extremamente debilitada e muitas vezes morrem!
    DÁ PRA ENTENDER OU TÁ DIFÍCIL MINHA GENTE?!
    Parem de serem hipócritas, pensem consigo mesmos e vejam se não faz sentido e todo esse blablabla não é coisa da campanha rival!

  33. Antonio permalink
    15 de Outubro de 2010 10:10

    Parece que falta inteligência a quem fez esse post. A questão abordada pela Veja não é, na edição dessa semana, sobre o aspecto ético do aborto. Trata-se, isto sim, da dissimulação da candidata, e do oportunismo eleitoreiro, contra o qual o PT sempre se levantou. Parece que partiram para o vale-tudo, no desespero. Acorda, Brasil!

  34. jorge permalink
    18 de Outubro de 2010 14:31

    Deixar que uma eleição para presidente seja decidida por assuntos religiosos formulados de forma descontextualizada e hipocrita, é terrivél. Ainda mais vendo religiosos fazendo campanha para o Serra, baseados na hipocrisia, mentiras, acusações em cima de assuntos polemícos, mas que mobilizam os religiosos ignorantes, que são levados pelo vento de opiniões dos outros, manipulados por lideres religiosos que impõem suas opiniões pessoais e julgam-se donos da verdade levando os religiosos ignorantes a apoiarem a Marina, que sequer tem condições de dicidir a quem vai apoiar. Ja pensaram se essa mulher indecisa e insegura fosse eleita? Os religiosos que deram 10% de voto para Marina acima dos 10% das pesquisas, tudo forçado em cima da questão aborto e acusações em cima da Dilma, agora tem que engolir essa ultima, de que o casal de acusadores, Serra, praticaram um aborto quando moravam no Chile. Mesmo não sendo partidaristas temos que por a cabeça pra pensar. crentes por favor, quebram a casca da religiosidade e parem pra pensar. Hoje o governo lula tem aprovação mundial, o Lula é um mito no mundo, o pobre compra carro zero, compra casa e come. Tem emprego, vive melhor, só fica parado quem está doente ou não quer trabalhar. Quase não vemos carros velhos no transito, o pobre faz churrasquinho no fianal de semana e comemora aniversário. O estado de São Paulo está caindo por termos os impostos mais altos do Brasil, há tempo estamos perdendo nossas industrias para o Paraná e Mato grosso do Sul. O Mario Covas implicou com Riquião, então governador do Paraná por estar levendo industrias paulistas. Os pedágios são um absurdo, o salrio de um Médico do Posto de Suade de São Paulo é em torno de cinco mil, no Paraná é de nove pra cima, um delagado em São Paulo ganha a metade do que em outros estados, enfermeiros em São Paulo tem salarios pela metade do que em outros estados, a policia paulista ganha pouco e por aí vai. Agora o Serra faz campanha de salário ? Dá licença, por favor. Parem de olhar pra bobagens que estão dizendo com propósitos eleitoreiros e olham pra condição de vida que melhorou muito. Pobres por favor, não veem que o eloitorado do Serra é o povo Rico e elitizado e os ignorantes manipulados? Escrevi isso como desabafo depois de ler tanta coisa que não lkava a nada. Espero que sirva para alguém. Obrigado a você que leu. se te serviu repasse.

  35. Luisa permalink
    18 de Outubro de 2010 23:41

    Resposta com atraso, mas apenas para garantir que o comentário final não caberá a alguém que escreveu e não leu ou leu e não entendeu: como bem disse Daniela, não há contradição alguma nas aspas selecionadas pela Veja. Aliás, Marina chegou a formular posição parecida (só porque o Plínio já havia falado o mesmo, e pegou bem!). Como mulher, Dilma é contra o aborto. O fato de não impor um posicionamento pessoal a uma questão de estado não é nada mais do que louvável. É exatamente o tipo de separação, aliás, de que estamos precisando.
    Abram os olhos, pessoal: pelo menos assim o debate de fato inteligente poderá começar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: