Skip to content

1964 ou 2010: Ao Lado de Conservadores, Serra Parte Para o “Tudo ou Nada”

8 de Outubro de 2010

Fonte: http://gmpconsult.com.br/blogdolen/?p=4765

Há alguns meses atrás, Marco Aurélio Garcia disse que Serra estava fadado a um fim de carreira política melancólico com a guinada à direita. Confesso que concordava com essas palavras, mas não esperava que fosse tão extremado esse fim.

Dilma venceu o primeiro turno, por pouco não venceu as eleições logo e pôs fim nessa guerra que demotucanos parecem não impor limites.

Nostalgia: Estaria Serra com saudade de 1964?

O discurso de Serra no dia da definição de que haveria segundo turno me assustou. Ele era o campeão da direita, apelativo, forçadamente nacionalista (sem o ser, todos sabem). Mas não me assustou por isso, mas por seu discurso transparecer duas coisas: uma guinada total para o radicalismo conservador e a decisão do vale-tudo no segundo turno.

Poderia ser impressão, já que eu havia dormido no sofá e acordei no início da fala do candidato demotucano. E, cá entre nós, não é a melhor forma de alguém ser acordado!

Contudo, me parece que não foi uma conclusão comprometida pelo susto que tomei ao acordar com Serra na TV. Dias depois do ocorrido, o tucano discursava como Udenista nato, nem sei se tão udenista, talvez estivesse mais para um membro do Partido Republicano norte-americano em vestimenta tupiniquim.

Serra clamou por valores morais, família, se dizendo temente a Deus, etc. Mas projeto de país que é bom, nada! Até a CNBB lamentou a decisão de desviar o foco principal do debate com temas religiosos.

"Trator sobre a própria mãe": Serra Acorda Fantasmas do Passado

E já que o candidato enveredou-se para um pseudo-moralismo cristão, vale a pena salientar que Serra optou pelo caminho largo, amplo, espaçoso, ao caminho estreito.

É mais fácil espalhar boatos, se aliar com antigos e históricos apoiadores do estado terrorista que governou o país por mais de 20 anos, como o TFP e o Clube Militar. É mais fácil atacar com moralismos que não competem a uma presidenta do que apresentar propostas alternativas para um país.

2010 – Revival!!

Do “caminho estreito”, mas honrado, Serra foge… não debate, ataca pelas costas, terceiriza seus ataques à velha mídia ou outras pessoas para não sujar as mãos e aparece no horário eleitoral como o “Serra do Bem”, “Ficha Limpa”… só ignora que já tenha 5 ações movidas contra si, apenas nessa campanha, por calúnia e difamação, mas isso é irrelevante tamanho é o “amor desse homem pelo Brasil e pela vida!”

Marco Aurélio Garcia estava certo quando falou do fim melancólico, mas acho que nem ele achava que as baixarias poderiam chegar a tal ponto.

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: