Skip to content

Serra legislou a favor do aborto: igrejas, o pau que bate em Chico tem que bater em Francisco!

4 de Outubro de 2010

Fonte: http://saraiva13.blogspot.com/2010/10/serra-legislou-favor-do-aborto-igrejas.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Esta é uma das poucas medidas que Serra esconde e que deveria se orgulhar de ter feito.

Clique aqui e acesse a Norma Técnica “PREVENÇÃO E TRATAMENTO DOS AGRAVOS RESULTANTES DA VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA MULHERES E ADOLESCENTES”, assinada por José Serra, em 1998, quando Ministro da Saúde.

A posição enunciada pela Dilma é exatamente a concretizada nesta Norma Técnica. Sem tirar nem pôr.

Entretanto, a Dilma foi execrada por setores da Igreja Católica e por algumas Igrejas Evangélicas por ser a favor do aborto, embora não haja um registro sequer dessa posição. Ao contrário ela sempre diz que mulher alguma é a favor do aborto.

Se setores anti-petistas da Igreja Católica execraram a Dilma por “defender o aborto”, mais motivos terão para execrar o Serra por ter feito uma norma que atende as mulheres que querem fazer aborto.

Embora este FBI defenda esta norma assinada pelo Serra, exigimos isonomia de tratamento neste segundo turno: o pau que bate em Chico tem que bater em Franciso!

Abaixo, alguns trechos da Norma, para orientação de cardeais, bispos, padres, freis, freiras e leigos católicos

A garantia de atendimento a mulheres que sofreram violência sexual nos serviços de saúde representa, por conseguinte, apenas uma das medidas a serem adotadas com vistas à redução dos agravos decorrentes deste tipo de violência. A oferta desses serviços, entretanto, permite a adolescentes e mulheres o acesso imediato a cuidados de saúde, à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e à gravidez indesejada.

As equipes envolvidas diretamente na assistência deverão receber treinamento sobre o atendimento humanizado às mulheres que poderão ser submetidas à interrupção da gravidez. Os médicos deverão, além disso, ser treinados para a utilização das diferentes técnicas recomendadas para a interrupção da gestação.

Esse atendimento deverá ser iniciado por ocasião da primeira consulta, devendo estender-se a todo o período de atendimento à mulher e após a interrupção da gravidez

“...se a mulher estiver grávida ou suspeitando de gravidez, deve-se identificar claramente a demanda trazida por ela, focalizada nos seguintes aspectos: identificação do desejo de interrupção da gravidez ou não, discussão a respeito dos direitos legais já garantidos à mulher, existência de valores morais e religiosos que possam determinar ou influenciar a decisão da mulher e a discussão de alternativas à interrupção da gravidez, como a entrega da criança para adoção, a realização de pré-natal etc.

VI. ATENDIMENTO À MULHER COM GRAVIDEZ DECORRENTE DE ESTUPRO
Esse atendimento deverá ser dado a mulheres que foram estupradas, engravidaram e solicitam a interrupção da gravidez aos serviços públicos de saúde.

Procedimentos para a interrupção da gravidez
O procedimento deverá ser diferenciado, de acordo com a idade gestacional.
I. Até 12 semanas, podem ser utilizados, para o esvaziamento da cavidade uterina, os dois métodos identificados a seguir.

1. Dilatação do colo uterino e curetagem

2. Aspiração Manual Intra-Uterina (AMIU)

***

Bem, se as Igrejas estavam em dúvida sobre a posição do Serra, em relação ao aborto, agora não estão mais, graças a este FBI.

Assim, façam o favor de execrar o Serra e pedir voto nulo.

É o mínimo que vcs podem fazer!

Porque “o pau que bate em Dilma tem que, necessariamente, bater em Serra!!!”

Quanto às Organizações Serra (Globo, Folha, Estadão e Veja, entre muitos outros veículos), estão autorizadas a reproduzir esta matéria esclarecedora para o segundo turno.

Matéria publicada por Leda Ribeiro (Colaboradora do Blog)

Anúncios
2 comentários leave one →
  1. 15 de Outubro de 2010 9:44

    O cúmulo da hipocrisia:

    Segundo jornal, Mônica Serra, esposa do José Serra, a mesma que disse que Dilma mata criancinhas, fez um aborto:

    http://correiodobrasil.com.br/monica-serra-ja-fez-um-aborto-e-sou-solidaria-a-sua-dor-afirma-ex-aluna-da-mulher-de-presidenciavel/185824/

Trackbacks

  1. Aborto e as eleições: Dilma e Serra « Dilma para Presidente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: