Skip to content

Eles não rasgam dinheiro

14 de Setembro de 2010

Fonte: http://www.blogcidadania.com.br/2010/09/eles-nao-rasgam-dinheiro/

É provável que eu não esteja sozinho em minha perplexidade diante da insistência de José Serra e dos meios de comunicação que o apóiam nessa propagação incessante de denúncias contra Dilma Rousseff e o PT – e, por tabela, contra Lula.

Os editorialistas, articulistas, editores, blogueiros, enfim, todos esses homens e mulheres que movem a máquina de propaganda tucano-pefelê parecem estar sempre animadíssimos com os efeitos que causarão as suas opiniões previsíveis, invariavelmente a favor de um lado e contra o outro. E que, em boa parte das vezes, nem se apresentam como opiniões, mas como fatos.

Quanto mais batem, porém, mais despertam rejeição a Serra. O bombardeio já incomoda a maioria das pessoas, pois não se consegue mais ir a um meio de comunicação de massas sem encontrar alguma denúncia já vista incontáveis vezes. A despeito disso, a imprensa e seu candidato parecem cada vez mais decididos a fustigar a adversária de forma repetitiva e ininterrupta.

As pesquisas refletem o desagrado da maioria esmagadora da sociedade com esse assédio tucano-midiático. Quanto mais são bombardeadas, mais as pessoas se predispõem a não ceder. E as que não tinham opinião vão tendo que reconhecer que esse denuncismo incessante já passou da conta. Novamente, é o que as pesquisas sugerem.

Os movimentos de intenção de voto favoráveis a Serra que ocorreram na classe média por ação desse bombardeio midiático, foram tímidos. A parcela desse estrato social que se mostrou suscetível à velha tática pré-eleitoral do denuncismo, tática que a maioria está careca de conhecer, revela-se uma anomalia.

Ora, como não dizer anômala uma parcela da sociedade à qual não falta instrução e meios de se informar e que, ainda assim, consegue a façanha de não fazer a conexão escandalosamente óbvia que há entre a força eleitoral de Dilma e a transformação dela em alvo por adversários em desvantagem?

É possível que impérios econômicos como uma Globo, com todas as suas consultorias e tudo o mais que o dinheiro pode comprar, estejam mergulhados em uma forma de loucura que os estaria levando a aumentarem dessa forma aparentemente suicida a dose de uma tática que vem se revelando mortal para eles e para os políticos a que servem?

Ou será que essa criminalização de Dilma, do partido dela e até do presidente da República por Globos, Folhas, Vejas, Estadões e pelo próprio Serra obedece a uma necessidade futura de justificar alguma ação mais heterodoxa, digamos, contra os seus adversários políticos?

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: