Skip to content

Tiro no pé: Juiz do TSE recusa golpe de Serra

3 de Setembro de 2010

O corregedor eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Aldir Passarinho Junior, arquivou nesta quinta-feira (2) a ação em que a coligação de José Serra (PSDB) pedia a cassação do registro da candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência. O pedido de cassação havia sido feito alegando violação dos sigilos fiscais de pessoas ligadas à José Serra, envolvidas em escândalos de corrupção da era FHC, além de do vice-presidente da legenda, Eduardo Jorge, e a filha de Serra.

Picaretagem do golpe desmascarada

Segundo o corregedor, as provas apresentadas pela defesa do candidato tucano na ação não demonstram de forma concreta que a quebra de sigilos fiscais de tucanos tenham beneficiado a candidatura de Dilma Rousseff. Além disso, o ministro avaliou que também não existem evidências de que o caso tenha provocado danos ao equilíbrio da disputa eleitoral.

A decisão não poderia ser pior para Serra. Passa para a opinião pública que o demo-tucano fez mais uma picaretagem: denunciou de forma afoita, sem provas, e sem fundamento, em ato de desespero, para tentar ganhar as eleições no tapetão.

Apesar de não ser descartável alguma oscilação, a tendência é Serra rumo aos 20% para baixo.

Fonte: http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: