Skip to content

URGENTE – COMUNICAÇÃO SEM CONTROLE – Divulguem!

23 de Fevereiro de 2010
tags:

Copiado, na íntegra, do e-mail enviado pela APN – Agência Petroleira de Noticias
Esta mensagem é um informe da APN – Agência Petroleira de Noticias

NOTA DO BLOG DO SARAIVA:

Amigos e leitores,
Em 2008, quando fiz um Curso de Extensão de Jornalismo na UFRJ apresentei trabalho sobre o tema, mesmo porque, antes já estudava comportamento de mídia. Dos trabalhos que apresentei, pelo menos dois deles foram divididos em três partes para publicação neste Blog, que oficialmente foi criado em 11/03/08.

Também em outras oportunidades, sempre escrevi sobre a mídia hegemônica brasileira, que até hoje está nas mãos de 11 famílias ( Marinhos, Frias, Cívitas, etc…), e, nos Estados do Federação distribuiu para seu políticos amigos, principalmente para os Velhos Senadores da Ditadura.
Estou cansado de escrever “verdadeiros tratados” sobre o assunto, sempre levando em conta tudo que aprendi no curso que fiz na UFRJ.

Faço então o seguinte pedido aos amigos, principalmente de blogs ou sites e também aos leitores.

Publiquem e repassem de todas as formas possíveis, como por exemplo enviar e-mail para seus grupos, porque parte do povo brasileiro, principalmente aquele que trabalha e chega cansado em casa, além de não ter computador ou Internet, toda as “informação”, ou melhor, para que fique claro, desinformação que recebe através de rádios, tevês e jornais são manipuladas.
Ajude a esclarecer esta situação aos brasileiros, porque ” O Brasil merece! ”
Obrigado,
Saraiva

URGENTE – COMUNICAÇÃO SEM CONTROLE

Estamos todos, pessoas físicas e jurídicas, sob algum tipo de controle,
exceto a mídia:

Rádio, jornal e televisão estão sem controle algum, ou melhor, se auto
regulamentam. É amarrar o cachorro com lingüiça, e eles acham que isso é
suficiente.

Isso é um privilégio total, impensável numa democracia, e quem tentar
ameaçar essa situação é atacado violentamente como foi a resolução da
Conferência Nacional de Comunicação que propôs controle público e social
para mídia.

O poder da mídia é tão grande que é apontada como o quarto poder ao lado do
Executivo, Legislativo e Judiciário. Há quem diga que seja o primeiro entre
os poderes. O grave é que os três poderes se equivalem e estão sob controle,
mas a mídia não.

Grande parte da mídia se aliou à ditadura militar que derrubou o presidente
João Goulart, democraticamente eleito e dentro dos preceitos
constitucionais. A mídia escondeu o movimento popular das Diretas Já. A
mídia, em 1989, fabricou Fernando Collor de Mello, candidato à presidência,
para se contrapor a um franco favorito, candidato dos trabalhadores, Luis
Inácio Lula da Silva. Depois, por interesses contrariados, Collor decidiu
entrar pesado no ramo das comunicações, então à mídia, sem nenhuma
autocrítica, apoiou o impecthman de Collor.

Quanta coisa poderia ser evitada se a mídia tivesse algum controle! Os fatos
acima apontam os atos imorais na disputa de poder praticado pela mídia. No
dia a dia temos grave desrespeito, por parte da mídia, aos nossos direitos
previstos na Constituição. É a mídia que mais incentiva a criminalização dos
movimentos sociais, pois através dos meios de comunicação os pobres
favelados mortos por balas perdidas são apontados como traficantes; os
movimentos sociais, na luta por uma sociedade mais justa, são apontados como
baderneiros, como têm sido rotulados aqueles que lutam contra a precariedade
dos transportes no Rio de Janeiro; os integrantes do MST, na luta pela
reforma agrária, direito previsto na Constituição federal, são julgados e
condenados sem direito à defesa, isso nas rádios, nos jornais e na telinha
da TV, diariamente; acontece também nas reivindicações salariais e greve,
pois enquanto os patrões decidem se atendem ou não às categorias, na mídia
há uma propaganda tendenciosa, contra os trabalhadores; na religião, parece
que quem tem mais poder na mídia está mais perto de Deus.

Diferente de nós, pobres mortais, que somos totalmente controlados,
inclusive agora pelos circuitos internos de TV, em quase todos os ambientes.
Inclusive, de forma absurda querem cobrar responsabilidade criminal do jovem
de 16 anos enquanto a comunicação…

Até quando a sociedade vai permitir que uma única concessão pública, como a
mídia, não tenha nenhum tipo de controle?

Também não é verdade que não exista órgão de comunicação sério neste país,
mas a resistência a esse privilégio depõe contra todo o setor.

Além de sem controle, a mídia milionária paga muito pouco pelo direito à
concessão, isso é grave num país emergente e de graves problemas sociais;
recentemente grande parte dessas concessões foi renovada, nem uma nota na
grande imprensa e os valores e o conteúdo desses contratos foram escondidos
da sociedade como se fosse um negócio particular.

Lembrem-se disto quando ouvir de sua poltrona um comentário no jornal da TV
à noite, quando ler um editorial no jornal pela manhã ou quando ouvir um
comentário bombástico no rádio.

Vamos travar essa luta como foi a luta contra a ditadura, pelas Diretas Já;
para nossa vitória só precisamos de uma coisa, de sua participação.
Divulgue, denuncie isso a nossos companheiros, camaradas, irmãos, filhos,
netos e amigos. O Brasil merece!

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: